Nos meus tempos de colégio, sempre tinha dificuldades com cronogramas de estudos.

Eu vivia no Google pesquisando e sempre encontrava planilhas do Excel ou PDFs maravilhosos que prometiam organizar a minha vida para sempre.

Eu fazia o download desses templates, preenchia tudo e até usava durante alguns dias.

O problema é que nenhum deles funcionava por mais de uma semana.

E depois de muito quebrar a cabeça e pesquisar, acabei entendendo o porque isso acontece:

Esses cronogramas prontos, focam apenas nas ferramentas.Eles esquecem mostrar de maneira clara o que mais importa: a metodologia.

Mais importante do que uma planilha ou um PDF é a metodologia a ser seguida.

Ela deve exigir o mínimo de esforço possível para ser executada, pois, caso contrário, você simplesmente se perde no caminho.

O que vamos te apresentar aqui, neste artigo, é resultado de muita pesquisa e teste.

É um material bem mais avançado do que os que provavelmente você já deve ter encontrado pela internet.

As ferramentas e metodologias aqui apresentadas, são úteis tanto para quem estuda em casa quanto para quem quer organizar somente o tempo fora das aulas para estudo.

Ferramentas: Nada de planilhas ou PDFs!

Vamos usar uma ferramenta de organização de tarefas amplamente adotada em empresas: o Trello.

Ao entrar no site, você vai ver a seguinte tela:

Trello

Basta clicar no botão Log in with Google, e então entrar com seu email do Google para fazer o login.

Após fazer o login no Google, você vai ver a seguinte tela:

Trello

Clique no botão Create a new Trello Account e pronto, sua conta está criada.

Ao entrar no Trello você vai se deparar com a seguinte tela:

Trello

Clique no botão Create a new Board. Em Title (título) coloque Plano de estudos para [aqui coloque o seu objetivo], e então clique em Create.

Trello

O próximo (e último) passo da configuração do Trello que é a criação das suas listas. Após criar o seu board, você vai ver a seguinte tela:

Trello

Em Add a list… digite os nomes e vá clicando em Save de modo a deixar seu board igual o da imagem abaixo (clique na imagem para ampliar):

Trello

Pronto! Isso é tudo que você vai precisar de ferramenta para executar a metodologia que vamos apresentar.

Metodologia: Onde o aprendizado acontece

Vamos usar uma adaptação da metodologia ágil SCRUM para guiar todo nosso cronograma de estudos.

Como disse anteriormente, para a metodologia funcionar ela deve ser eficiente, de modo a exigir o mínimo de esforço possível para sua execução.

Logo, bolamos uma metodologia que não vai ocupar mais do que duas horas de planejamento inicial e mais do que 30 minutos por semana para atualização e acompanhamento.

Basicamente, a metodologia é composta de 6 passos:

#1:  Levantar o que você precisa estudar (1 hora e 30 minutos)
#2:  Priorizar o material a ser estudado (30 minutos)
#3:  Planejar os estudos da semana (5 minutos)
#4:  Atualizar diariamente o Trello (3 minutos)
#5:  Finalizar a semana (revisar ou concluir) (5 minutos)
#6:  Manter sua lista de estudos atualizada (5 minutos)

Vamos detalhar cada um desses passos nos próximos parágrafos, exemplificando como usar o Trello neste processo.

Passo #1: Levantar o que você precisa estudar

Aqui vai depender bastante de seu objetivo. Para o ENEM, por exemplo, você vai ter que estudar uma série de coisas enquanto para um vestibular de medicina outras.

Hoje em dia, é fácil encontrar na internet provas anteriores e editais, que já dão uma boa idéia do que deve ser estudado. Portanto, não vamos entrar muito em detalhes aqui sobre como fazer esse levantamento.

Vamos colocar essa lista na primeira coluna lá do Trello.

Por exemplo, suponha que você fez o seguinte levantamento de matérias que você precisa estudar:

[Matemática] Probabilidade e estatística
[Português] Novo acordo ortográfico
[Biologia] Genética
[Química] Estequiometria
[Física] Circuitos elétricos

Lembrando que esse é só um exemplo resumido, sua lista provavelmente será bem maior!

No Trello, na coluna Tenho que estudar, clique em Add a card..., como na imagem abaixo:

Trello

Digite o nome da matéria a ser estudada e clique no botão Add:

Trello

Ao final, você vai ter uma lista similar a lista abaixo:

Trello

Passo #2: Priorizar o material a ser estudado

Você precisa priorizar agora o que é mais importante a ser estudado, para você estudar o que mais importa primeiro.

Sugerimos o seguinte método para priorização: para cada matéria uma nota de 1 a 3 para os seguintes tópicos:

Probabilidade de cair na prova: 1 - baixa; 2 - média; 3 - alta. ► Nível de dificuldade: 1 - difícil; 2 - média; 3 - fácil. ► Tempo necessário para dominar: 1 - alto; 2 - médio; 3 - baixo.

E multiplique os três números, obtendo somente um.

Por exemplo, para Probabilidade e estatística, eu daria a seguinte nota:

► Probabilidade de cair na prova: 3. ► Nível de dificuldade: 2. ► Tempo necessário para dominar: 2.

Então, o resultado seria: 3*2*2 =12.

Quanto maior esse número, mais prioritário será o estudo da matéria.

Observação: Não gaste tempo demais tentando ser exato aqui, essa priorização deve ser somente uma estimativa para te auxiliar.

Anote o resultado no próprio título do card no Trello. Para isso, clique sobre o card:

Trello

Edite o título clicando sobre ele:

Trello

E adicione a prioridade, de preferência entre parênteses no início do título. Seu board vai ficar mais ou menos assim:

Trello

Para finalizar essa etapa, simplesmente ordene a coluna de modo a deixar os maiores valores no topo:

Trello

Assim, o topo sempre vai conter a próxima coisa que você deve estudar :)

Com campo de batalha armado, vamos para execução!

Passo #3: Planejar os estudos da semana

Todo início de semana, preferencialmente na segunda-feira de manhã, você deve definir o que você vai estudar naquela semana.

Simplesmente abra o Trello e arraste os cards da coluna tenho que estudar para a coluna Vou estudar nessa semana.

Dê preferência escolha os cards com maior prioridade, ou seja, que estão no topo da sua lista.

No nosso exemplo aqui, nosso board ficou assim:

Trello

Agora é hora de quebrar cada uma das matérias em sub-matérias. Para isso, vamos usar o recurso Checklist do Trello.

Clique sobre o card e em seguida clique em Checklist:

Trello

Em seguida, dê um nome para sua Checklist e clique no botão Add:

Trello

Então, adicione a lista de sub-matérias que compõem a matéria que você quer estudar, como na imagem abaixo:

Trello

Passo #4: Atualizar diariamente o Trello

Esse é o passo mais importante dessa metodologia e é também onde a maioria das pessoas falham.

Para que você mantenha a disciplina e assim crie realmente um hábito de estudos, você precisa atualizar o Trello todos os dias.

Essa tarefa não vai levar mais do que três minutos, muitas vezes nem mesmo um minuto.

Portanto, aconselhamos que esta seja a primeira coisa que você faça na manhã.

Usando o aplicativo do Trello em seu celular, assim que acordar, pode ser até na cama mesmo, vá lá e atualize!

Basicamente, existem três situações para atualizar:

#A: Quando você começa a estudar uma matéria.
#B: Quando você conclui o estudo de uma sub-matéria.
#C: Quando você conclui o estudo de uma matéria.

#A: Começou a estudar uma matéria

Simplesmente arraste o card da coluna Vou estudar nessa semana para a coluna Estou estudando hoje:

Trello

#B: Concluiu o estudo de uma sub-matéria

Abra o card e marque a sub-matéria como concluída. O legal é que o Trello atualiza uma barra que mostra o seu progresso:

Trello

#C: Concluiu o estudo de uma matéria

Ao concluir todas as sub-matérias, mova o card da coluna Estou estudando hoje para a coluna Terminei de estudar:

Trello

Passo #5: Finalizar a semana (revisar ou concluir)

Todo final de semana, preferencialmente no sábado de manhã, você vai analisar o seguinte:

Das matérias que estudei, o que preciso revisar?

Como comentamos nesse post, quanto mais tempo se passa a partir do momento em que você aprendeu algo, mais chances você tem de esquecer. Logo, você deve revisar o que estuda.

Porém, nosso tempo é limitado. Se você ficar somente revisando coisas, não vai sobrar tempo para aprender coisas novas, e assim seus resultados podem não ser os melhores.

Por experimentação e testes, chegamos a conclusão de que, pelo menos para nós, a melhor proporção é a 20/80.

Ou seja, você dedica 20% de seu tempo para revisão e 80% de seu tempo para aprender coisas novas.

Assim, você aprende a uma taxa alta (80%) sem correr o risco de esquecer o que estudou por conta da curva do esquecimento.

Para organizar as revisões, usaremos a função Due Date do Trello.

Clique sobre o card e em seguida clique em Due Date:

Trello

Escolha a data de revisão e clique no botão Save. Então volte o card para a coluna Tenho que estudar.

O Trello vai mostrar uma notificação toda vez que uma matéria estiver próxima da data que você definiu.

Para finalizar, substitua o valor da prioridade do card pelo texto “REVISAR”.

Vai ficar mais ou menos assim:

Trello

Para definir em quanto tempo você deve revisar a matéria, leve em consideração fatores como:

► Quantas vezes você já revisou
► Seu domínio sobre a matéria
► A probabilidade da matéria cair na prova

Por fim, caso você ache que não é mais necessário revisar aquela matéria, simplesmente mova o card para a coluna Estou dominando:

Trello

Passo #6: Manter sua lista de estudos atualizada

O último passo de nossa metodologia é manter a coluna Tenho que estudar sempre organizada e atualizada.

Provavelmente, você vai esquecer de algumas matérias quando executar o Passo #1. Logo, se perceber que isso aconteceu, adicione lá o novo card.

Outro ponto é se questionar a respeito da prioridade. De tempos em tempos atualize os valores, pois eles podem mudar caso você tenha assistido uma aula por exemplo.

Recapitulando

Mostramos nesse artigo uma ferramenta e uma metodologia para auxiliar na organização de seus estudos.

A ferramenta usada é o Trello, mostramos aqui como criar uma conta e usar para o nosso propósito. Caso queira aprender mais sobre essa ferramenta clique aqui.

Apresentamos também uma metodologia composta por 6 passos, que não vai ocupar mais do que 30 minutos de sua semana para ser executada.

Os passos são:

#1:  Levantar o que você precisa estudar
#2:  Priorizar o material a ser estudado
#3:  Planejar os estudos da semana
#4:  Atualizar diariamente o Trello
#5:  Finalizar a semana (revisar ou concluir)
#6:  Manter sua lista de estudos atualizada

Você agora está com a faca e o queijo na mão!

Dicas para não se perder no caminho

Para fechar esse artigo, deixamos aqui algumas dicas para você não se perder no meio do caminho e deixar de usar a metodologia.

Dica #1: Lembretes

Criar o hábito de usar o Trello é sem dúvidas o ponto mais difícil dessa metodologia.

Para ajudar, coloque um alarme para te lembrar de atualizar diariamente. Mesmo que você decida que isso será a primeira coisa que você vai fazer no dia, certifique-se de colocar algum lembrete (ao lado de sua cama) ou pedir para alguém te lembrar.

Vale até recadinho na geladeira :)

Dica #2: Peça ajuda de amigos

Peça para seus amigos, ou até mesmo sua mãe, acompanharem seu progresso junto com você.

Isso cria um senso de comprometimento maior, pois você vai desejar provar para a outra pessoa que você é capaz!

Dica #3: Não seja muito agressivo em seu planejamento

Para manter seu cérebro motivado você tem que vencer, ou pelo menos perceber o seu progresso.

Se você definir metas altas demais, seu cérebro vai começar a se auto sabotar.

Portanto, suas metas semanais devem ser alcançáveis sem muito esforço. Se você tiver dúvidas se vai conseguir concluir, diminua o nível das metas.

É preferível fazer menos do que arriscar fazer mais e perder, pois isso causa um efeito negativo em seu cérebro!

Dica #4: Comemore quando conseguir finalizar a semana

Não deixe de comemorar quando conseguir terminar suas metas de estudo semanais.

Vá ao cinema, peça para sua mãe fazer uma comida especial, saia com algum amigo, enfim, comemore pois você merece!

Dica #5: Adapte

O que falamos aqui nesse artigo foi apenas um guia.

Você deve agora adaptar este guia da maneira que te gere melhores resultados.

Sempre se questione: existe algo que pode ser melhorado?

-

Espero que tenha gostado desse artigo e que ele seja útil para você.

Use o espaço de comentários abaixo caso tenha alguma dúvida, ou queira comentar alguma coisa.

Responderemos com o maior prazer.

Forte abraço!