Quer atingir seus objetivos? Então você tem que definir metas!

Apesar da maioria das pessoas saberem da importância, elas ainda relutam em traçar metas para alcançarem seus objetivos.

Isto acaba fazendo com que elas passem o dia inteiro trabalhando ou estudando sem saber exatamente onde elas querem chegar, e pior, sem saber se o que estão fazendo está realmente ajudando a chegar mais próximo de seus objetivos.

Vamos pensar no vestibular: se você não traçar metas, não fixar objetivos que devem ser alcançados, você não vai conseguir avaliar se o seu esforço diário está sendo válido ou não, concorda?

De que vale ralar todo dia sem saber se você está no caminho certo?

Outro ponto muito importante é que as vezes as pessoas até traçam metas, porém as metas são formuladas em um formato que não traz muitos resultados.

E no post de hoje eu quero te ajudar justamente nisso!

Vou te explicar como suas metas devem ser traçadas para você alcançar seus objetivos. Vou falar da metodologia S.M.A.R.T.!

Mas antes disso, quero que você entenda o poder das metas que está, principalmente, na motivação.

Quando você consegue medir e acompanhar seus resultados, você consegue perceber que você está evoluindo, por conta disso, sua motivação tende a aumentar.

E pra cada meta alcançada, você se dá recompensas, traça novas metas mais ousadas, as atinge novamente, traça outras, e assim vai.

É um ciclo super importante para o seu desenvolvimento.

Entretanto, temos que ficar espertos porque a desmotivação também pode acontecer neste processo, quando você não consegue bater as metas que estipulou.

Por esse motivo, uma meta deve ser S.M.A.R.T.. Mas o que é isso?

S.M.A.R.T. significa, em inglês:

Metas SMART S.M.A.R.T.

Vamos lá, para sua meta ser uma meta de verdade, ela precisa ser:

Específica (Specific)

Especificar uma meta é tirar qualquer dupla interpretração dela, ela tem que ser muito clara, objetiva e detelhada.

Por exemplo, uma meta como “estudar todo dia” não é ideal.

O ideal é: “fazer 20 exercícios de matemática na segunda-feira”.

Você dizer que vai simplesmente estudar tem muita possibilidade de ser realizado, o contrário não.

Mensurável (Measurable)

Você deve estabelecer valores possíveis de serem medidos, como os 20 exercícios de matemática, por exemplo.

Não adianta estabelecer que quer simplesmente “fazer exercícios toda segunda”.

Alcançável (Attainable)

As suas metas devem ser plausíveis, isso quer dizer, não faz sentido você definir uma meta impossível de ser atingida, como “fazer 50 exercícios de matemática em 1 hora”.

Devem ter pessoas que conseguem, mas não me parece algo atingível para todos, dessa maneira você deve estabelecer metas conhecendo seus limites, para não se frustrar.

Relevante (Relevant)

Aqui é um ponto muito importante, a meta deve ser Relevante.

Isso quer dizer que não faz muito sentido você traçar metas apenas por traçar, metas que não te ajudarão a atingir seus objetivos.

Busque traçar metas que te trarão um sentimento de realização quando cumpridas, que sejam realmente importantes para você.

Temporal (Time Based)

Prazo!

Toda meta deve ter um prazo para ser cumprida, não adianta estabelecer que vai fazer X se não estabelecer que deverá ser feito até data Y.

Uma meta sem prazo provavelmente não será cumprida.

-

Ficou claro? Faça o exercício de criar metas, comece com metas pequenas e vá aumentando, sem deixar de levar em conta nenhum desses passos.

O hábito de fazer e atingir vai te trazer uma enorme satisfação, que contribuirá com todo o resto, não tem erro!

Até mais!